Os 7 clipes mais memoráveis do Paramore!

O Paramore (finalmente) lançou um vídeo clipe novo e eu estou aqui para alimentar aquela nostalgia pela banda (leia-se: tortura emocional porém com muito amor)! Eu separei os 7 clipes mais memoráveis do Paramore para matar aquela saudade deles e exaltar essas músicas/hinos sensacionais de respeito! Aproveitei e também fiz aquela análise dos quatrocentes cabelos diferentes que a Hayley já teve durante esses anos de Paramore e senti inveja de quase todos eles.

No meu caso, eu conheci o Paramore graças a esse exato video clipe, então, vou contar, tem um lugar bem especial no meu coração. É quase como voltar no tempo.

Acho que That’s What You Get ainda é a minha música favorita do Paramore! Deve ser aquela velha história de “a primeira impressão a gente nunca esquece”, porém, vou admitir que o cabelo laranja da Hayley dificulta muito a tarefa de esquecer a banda. Quero dizer, esse cabelo, ah, ele me conquistou rapidinho.


Este próximo clipe, admito, me dava medo quando eu era mais nova. Porém, mesmo com medo, eu era vidrada nele! Eu passei por uma fase de vídeo clipes lá pelos meus 11 ou 12 anos. Quem vos fala passava o dia inteirinho no youtube só assistindo vídeo clipes e esse era um dos meus favoritos.

Bizarro, lindo e mais profundo do que a minha cabeça de 11 anos conseguia entender com muita rapidez. Brick By Boring Brick foi minha trilha sonora por muitas tardes e aposto que foi sua também!


Posso perfeitamente apresentar este vídeo clipe como “o hino dos adolescentes revoltados contra as mean girls da escola”. Esta é a música pela qual muita gente conheceu o Paramore, ou seja, é das antigas e bem memorável.

Acredito que essa música é quase um simbolo do Paramore. A postura de todos eles, o enredo do clipe, tudo criou aquela imagem de rebeldes revoltados corajosos que eu adorava. Fora que, para mim, a Hayley toda extravagante e confiante nesse vídeo clipe foi de um certo modo um divisor de águas entre “me importo com o que acham da minha aparência” para “olha minha cara de quem liga”.


A músicas que a sua mãe provavelmente também gostava. É o hino do coração partido e mesmo sem ter acontecido nada, The Only Exception é capaz de colocar qualquer um em uma bad pesada.


Entrando na era do Paramore mais colorido (e que foi muito criticado) temos Still Into You! Foi aquele primeiro impacto dessa nova postura da banda muito mais positiva e menos revoltada.

Particularmente, eu gosto muito das duas fazes (prefiro a época de That’s What You Get, mas, não deixo de gostar dessas músicas), admito, parece praticamente outra banda, mas, mudanças não necessariamente são coisas ruins.


Se você quer um clipe memorável, quebre vários recordes mundiais nele que assim ele vai ser lembrado por muito tempo, certo? Quando eu era pequena, ia na biblioteca da escola com os amiguinhos e ficava olhando o Guiness Book, pode ser por isso que o esse clipe tem um lugar tão especial no meu coração. Mas a questão é, independente da sua ligação emocional com recordes mundias, temos que admitir, tantos recordes em um único vídeo clipe é extremamente épico.

Ain’t It Fun é exatamente o que o nome diz, divertido. Mais uma vez, esse clipe é da fase mais colorida (acho que dá para notar isso até mesmo sem dar play nos vídeos, mas é sempre válido ressaltar). Vamos falar, é um contraste absurdo de por exemplo, Brick By Boring Brick!


Minha primeira impressão foi me perguntar aonde estava o cabelo laranja. Superando este primeiro impacto eu digo que claramente, o Paramore ainda está fase mais colorida. Mesmo a letra não sendo algo necessariamente positivo, o jeito como isso é tratado é muito diferente de como era lá no início.

Agora fiquem aqui curtindo a música nova do Paramore, se deleitem com este vídeo clipe que está maravilhoso e me contem, bateu a saudade ou não?

(J.D)


Siga o blog e saiba antes de todo mundo que tem post novo no Lua de Vênus.
siga no BLOGLOVIN +  ou  + siga no BLOGS BRASIL +

twittertumblrfanpage instagram

Leave a Reply