Diário fotográfico: Vancouver [ parte 1 ]

Quem me segue no Instagram deve saber que eu sou apaixonada por fotografia (aproveita e me segue lá @judornellas hein) e eu acho que não tem jeito melhor de se apresentar um lugar do que por meio de fotos! Acho que esse post vai ter uma quantidade absurda de partes, não posso evitar, é tudo tão fotogênico por aqui! Estou aqui a míseros 3 dias e já saiu uma quantidade absurda de fotos que eu me apaixonei! Vou fazer vários posts com várias fotos mesmo e fazer com que vocês se apaixonem visualmente pela cidade!

1

Agradecimento especial ao zoom de 35 vezes da minha camera (e ao meu pai que comprou ela para mim a muitos anos) que me deixou achar essa turbina eólica na montanha que está bizarramente longe do nosso apartamento mas que na foto, parece pertinho.

73 4 5

Essa foto aqui de cima e a próxima são da mesma vista na verdade, só que em dias diferentes com climas diferentes e em horários diferentes, o que sinceramente, mudou tudo. No todo das montanhas dessas fotos que tem a turbina eólica da primeira foto!

6

Estou realmente gostando da cidade, está bem frio por aqui, nevou consideravelmente (pelo menos para o meu padrão brasileiro de neve que é literalmente zero) e o vento parece que congela seus ossos, mas como dentro de todos os lugares é sempre climatizados você não passa nenhum frio dentro do apartamento ou das lojas, o que deixa tudo mais gostoso. Olhar para fora, saber que está quatro graus negativos e dentro de casa estar sem nenhum casaco deixa todo essa frio muito mais agradável.

Todas essas fotos foram tiradas de dentro do apartamento, a vista é sensacional como já deu para notar mas é que estamos no centro de Vancouver e no vigésimo quinto andar e cá entre nós, toda essa distância do chão gera umas paisagens lindas. Mas agora está na hora de andarmos pela cidade pode ser? Apesar de que fotos realmente de passeios vão ficar para outras partes desse diário de viagem fotográfico.

10

O quão Tumblr uma cidade pode ser? Porque no meu ponto de vista Vancouver ultrapassou todos os limites, cada esquina é um cantinho novo igualmente fotogênico e visualmente lindo que deixa meu T.O.C feliz. É como alimentar o monstro desesperado por cores, formas e lugares bonitos dentro de mim.

11

A cidade esta toda trabalhada no espirito natalino, vários passeios temático e coisas do gênero, mas ainda não fomos em nenhum deles mas mal posso esperar para ir. Afinal, essas fotos são só algumas escolhidas a dedo dos três primeiros dias (apesar de que o primeiro dia foi tão corrido para ajeitar tudo que acho que nem se quer conta), teoricamente, as partes mais bonitas ainda estão por vir.

img_5211

De quebra também teve o aniversário da minha mãe e teve esse bolo de peanut butter sensacional da foto!

Têm muito mais foto por vir, inclusive um post inteiro cheio de fotografias do aquário (leia-se fotos de água-vivas extremamente fotogênicas/graciosas e focas/baleias “sorridentes” que geram um overdose pesada de fofura e adiando, que aquário sensacional!) e acho que esse blog nunca mais vai ter tanto post sobre o mesmo assunto como vai ter sobre Vancouver. Bom, quem sabe em outras viagens não é?

Enquanto isso me segue no instagram que sempre posto fotos lá também e logo logo (quem sabe, hoje mesmo ou amanhã) sai post com muitas outras fotos e mais motivos para se apaixonar pela cidade!

(J.D)


 Siga o blog e saiba antes de todo mundo que tem post novo no Lua de Vênus.
siga no BLOGLOVIN +  ou  + siga no BLOGS BRASIL +

twittertumblrfanpage instagram

Leave a Reply