SIM pela saída do PT mas NÃO para o movimento de direita!

O dia 17 de abril de 2016 gerou uma guerra dentro de mim mesma. Queria e continuo querendo a saída do PT pelo bem da economia desse país, para acabar com a “máfia” do partido dos trabalhadores que tem os ideais de esquerda e atitudes de direita. Já sabia antes que esse meu SIM deixa o país mais perto de ficar nas mãos de pessoas que são além de ladrões, seres repugnantes  e babacas. O preconceituo está quase no poder desse país e isso sempre me perturbou profundamente…mas ao assistir ontem e ver com meus próprios olhos quais deputados votaram sim chega a me dar alergia e fechar a garganta. “Aquele que dentre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela” seja ela a mulher brasileira sofrendo com o machismo, seja ela a transexual que é espancada, seja ela o gay que apanha na rua por andar de mãos dadas, seja ela o filho gay que tem medo de se assumir para seus pais com medo da reação que pode receber, não me importa quem é, esse ela é a minoria mas parece que políticos que gostam tanto de falar de Deus não conseguem entender isso.

Não deixo de acreditar que tirar a Dilma e consequentemente o Lula é a melhor forma de começar a acabar com a corrupção, mas infelizmente, também é a melhor forma de começar com uma sequencia – maior do que a já existente – de preconceito, cabeças fechadas, assassinatos, homofóbicos (e por favo, nem venham discutir que a palavra homofobia significa medo e não é isso que acontece e blá blá blá porque fobia é sinônimo de: medo, aversão, repugnância e terror) livres para acabarem com a vida – de modo literal ou não – de outras pessoas por não saberem lidar com o diferente, de machismo e opressão, de mulheres sem liberdade de serem ou fazerem o que quiserem, foi o começo do fim da liberdade. Então porque decidi ir pelo SIM? Na esperança de justiça ainda chegar por aqui e não posso negar que me sinto culpada por “concordar” com um ato do povinho que disse SIM.

A crise não é sobre família rica não poder ir para o Estados Unidos todo ano, é sobre a companhia aérea cortando gastos porque família não têm mais dinheiro para gastar e demitindo funcionários. É sobre empregadas domésticas sendo demitidas porque os patrões precisam cortar gastos para poder para o exterior. A crise é feita dos mais ricos descontando nos mais pobres toda a crise. É sobre pessoas que com cota ou sem entraram na faculdade e se sacrificaram para conseguir isso mas não tem o mínimo estrutura esperando por elas, é sobre cortes nos programas educacionais e bilhões de reais saindo por ai na mão de políticos de praticamente todos os partidos. Eu escolhi o sim para começar a matar o mal lá de cima e se tudo der certo, continuar descendo até acabar com todos eles ou pelo menos, com uma maioria que incluí Temer, Cunha, Bolsonaro pai e filho, Renan e muitos nomes que todos conhecemos além de Lula e Dilma.

No meio de um país que teoricamente é um estado laico todos ouvimos ontem (17 de abril de 2016) centenas de vezes frases como “pela família evangélica”, “pelos valores cristãos”, “em nome de Deus”, “valorizando a família tradicional brasileira” o que só prova mais uma vez que nem os nossos governantes – ou povo – sabem que vivemos em um estado laico onde a religião não deveria ter poder dentro do governo.

Já pude até ouvir a palavra “Esquerdopatas” sendo que o povo de direita que votou SIM ontem que mata os gays, lésbicas, transexuais, bissexuais ou qualquer outra opção de vida que um ser humano faça e eu não posso fingir que está tudo certo com essa atitude! Eu apoio o SIM e não quem votou SIM. Eu apoio o pensando de esquerda e entendo quem votou NÃO pensando no bem de quem sofre preconceito porque eu concordo com esse pensamento. Eu apoio o SIM para tirar o PT e não para colocar outros ladrões no governo, também quero derrubar eles. Mas porque? Me deixa colocar isso da forma mais simples possível:

O “ataque” dos gays e de quem apoia no geral é isso…

Já o ataque de quem acha isso tudo uma afronta contra a família tradicional brasileira são mortes, assassinatos, estupros…

gays mortes

…preconceitos incontáveis, chutes, socos, xingamentos como o próprio Bolsonaro que é mestre nisso e quando Jean Wyllys cuspiu nele se achou no direito de reclamar depois de anos descendo o nível em cima dos gays. Não deveria ter cuspido? É claro que não mas digamos que o Bolsonaro já fez muito pior do que isso para poder argumentar sobre o assunto. Mas essa não é a questão aqui (afinal, se eu for falar sobre as atitudes erradas do Bolsonaro o texto vai ficar longo demais).

Na teoria, o PT é ótimo e empodera as minorias e vamos concordar que para um país crescer ele deve enriquecer os pobres e não transformar os ricos em milionários, mas na prática…bom, ai o partido não cumpre seu papel quando deixam eles mesmos (os ricos) bilionários e criam uma reação em cadeia que não favorece economicamente as minorias e descumprem sua proposta de governo. Depois de tudo isso, a mente aberta é a única coisa boa que sobra nesse partido.

Eu realmente não suporto no mínimo 90% dos políticos que votaram SIM ontem, tenho nojo, repugna, desprezo e medo por o que eles podem fazer com esse país e com as minorias que vivem por aqui, me da desespero “votar ao lado deles” mas me resta esperar que eles também caiam – já que essa é a minha ideia desde o início – e que uma esquerda de verdade – o que o PT não é – tome poder para assim finalmente as coisas se ajeitarem nesse Brasil.

Resumindo tudo isso em um parágrafo para não restar qualquer dúvida: eu apoio os valores de quem votou NÃO, eu apoio os ideais da esquerda que votou NÃO, eu apoio os gays com medo de morrer que votaram NÃO, eu apoio o mundo de cabeça aberta focado nas minorias que votou NÃO, eu apoio o movimento esquerdista e não o PT, porque o PT usa os ideais da esquerda para esconder o que fazem de errado, usam o medo que as minorias tem dos babacas da direita para receber apoio, usam o preconceito de pessoas cabeça fechada e paradas no tempo como escudo para ficar no governo porque para a segurança dessas minorias…é sim melhor que eles continuem no poder. O Temer ou o Cunha não são melhores que a Dilma de jeito nenhum, só que a lei tem que começar de cima.


Siga o blog e saiba antes de todo mundo que tem post novo no Lua de Vênus.
siga no BLOGLOVIN +  ou  + siga no BLOGS BRASIL +

twittertumblrfanpage instagram

Leave a Reply